Hyldon

As Coisas Simples da Vida

Flávio Renegado recebe Hyldon no Teatro Odisseia

 

RIO – As batidas do rap ganham cores brasileiras na música de Flávio Renegado. No caldeirão desse mineiro de 29 anos, que faz show nesta sexta-feira no Teatro Odisseia, o gênero nascido nas ruas americanas recebe temperos de baião, reggae, rock e samba. Essa reunião de influências dá o tom do disco “Minha tribo é o mundo”, álbum de sonoridade mais pop que o CD de estreia do cantor, “Do Oiapoque a Nova York”.

– O rap me ensinou que eu sou livre e que preciso gozar dessa liberdade. Por isso me proponho a fazer essas misturas – conta o artista, que receberá, no palco do Odisséia, os convidados Marcos Suzano e Hyldon. – Vai ser uma noite para celebrar a vida. O Rio sempre me recebe bem, e é maravilhoso ver o público aumentando a cada visita.

Renegado é daqueles artistas nômades, que usa sua música como passaporte para viajar o mundo. Na turnê do CD de estreia, ele fez shows em Cuba, França, Espanha, Inglaterra e Austrália. Para divulgar este novo álbum, Renegado já tem apresentações agendadas no festivais Back2Black, em Londres, e no Summerstage, em Nova York. Ele quer fazer o público dos quatro cantos do planeta dançar ao som de trabalhos como “Suave” e “Conexão Alto Vera Cruz/Havana”.

– A ideia é entrar em comunhão com as tribos e com a pista de dança. Estou indo do Oiapoque a Nova York e a minha tribo é o mundo. Que o mundo venha, o céu é o limite!

Fonte: O Globo

   

Voltar