Hyldon

As Coisas Simples da Vida

Moradores de rua tocam Hyldon para embalar as noites (O Dia)

 

Rio – Na Lapa, a poucos metros da sede de O DIA, uma turma de moradores de rua encontra-se diariamente para ouvir música num rádio velho e, de vez em quando, tocar violão. O repertório das violadas já incluiu nomes popularíssimos da música brasileira, como Hyldon, Dalto e Raul Seixas. Dono de um repertório bem popular, e lançando aquele que pode ser considerado seu disco mais roqueiro, ‘Gatos e Ratos’, Odair José até agora não teve uma canção sua executada pela galera.
 
“Nunca vi uma cena dessas, um morador de rua cantando uma música minha. Seria uma grande felicidade. Eles tocaram Raulzito, Dalto e Hyldon? São artistas de quem me sinto perto”, alegra-se Odair, falando com O DIA por telefone, direto de Cotia (SP), onde mora. Os excluídos da sociedade são temas de músicas de ‘Gatos e Ratos’, como ‘Carne Crua’ e ‘A Cor do Pecado’. Já em ‘Moral Imoral’, Odair trata do preconceito sofrido por gays e lésbicas. E em ‘A Culpa É do Henrique’, fala sobre o hábito do brasileiro de sempre colocar a culpa dos próprios erros em outras pessoas.
 
“É que nem aquela piada: ‘Joãozinho, quem descobriu o Brasil?”, ‘Não fui eu não, professora, foi ele’”, brinca. “Gostaria muito que esse disco funcionasse como um despertador, porque a população brasileira está realmente adormecida. O que eu mais vejo na TV é político dizendo que a culpa foi do outro governo. Não votei na Dilma (Rousseff), mas culpá-la por coisas que vieram de outros governos foi um absurdo”.
 
Fonte: Jornal O Dia
Leia aqui a matéria completa.

   

Voltar