Hyldon

As Coisas Simples da Vida

Noite Láurea no Prêmio Multishow (Revista Caras)

 

 

Os sons brasileiros em noite de láureas

Rogério Flausino, Monique e Hyldon

 

Em uma noite que homenageou os irreverentes programas de auditório, dois estilos completamente distintos, o rock e o sertanejo, dominaram os holofotes do Prêmio Multishow de Música Brasileira, na Arena Multiuso, Rio. Na 18a edição da festa, Paula Fernandes (27) faturou os troféus nas categorias Melhor Cantora e Artista Sertanejo. “Não encarei o dia de hoje como uma competição, e sim, como uma comemoração”, disse ela, que subiu ao palco usando corpete com calça jeans. Já os roqueiros da banda teen Restart, Pe Lanza (19), Pe Lu (20), Koba (19) e Thomas (19), faturaram Melhor Álbum e Clipe. O vocalista do NX Zero, Di Ferrero (26), levou a premiação de Melhor Cantor e seu grupo, integrado ainda por Gee (25), Dani (25), Fi (24) e Caco (25), ganhou o troféu de Melhor Música por Onde Estiver. “Esse prêmio é para nossos fãs. Vencemos o preconceito que existe ao nosso estilo por causa de vocês”, discursou Pe Lanza. “Estamos completando dez anos de estrada. Dedico esta vitória ao meu grande amor, Mari”, declarou-se Di à amada, a atriz Mariana Rios (26).

O apresentador do evento pelo segundo ano consecutivo, Bruno Mazzeo (34), contou com a ajuda das Brunetes, como denominou suas assistentes, durante a cerimônia. O ator convidou vários famosos para subir ao palco e anunciar os laureados. (66), ícone de programas de calouros da TV, revelou em tom bem-humorado sua admiração por Di, a quem entregou uma das estatuetas. “Você é tudo, meu amor! Vim com acessórios de caveira por sua causa”, disse ela ao roqueiro, arrancando risos da plateia.Elke Maravilha

Thiaguinho (28), que recebeu o prêmio de Melhor Grupo pelo Exaltasamba, protagonizou um dos pontos altos do espetáculo. Ele participou de uma releitura de Porta dos Desesperados, famoso quadro de Sérgio Mallandro (55) em seu programa, que foi ao ar no SBT de 1987 a 1990. Na atração, o sorteado apontava uma das três portas montadas no cenário e era surpreendido por uma brincadeira ou um prêmio. Na escolhida por Thiaguinho estava sua amada, a atriz Fernanda Souza (27), que correu para os seus braços. Em seguida foi a vez de o humorista Fernando Caruso (30) roubar a cena. Com sunga de onça e coberto de espuma, ele relembrou a Banheira do Gugu, quadro do Domingo Legal, também do SBT. Já Paulo Gustavo (32) chamou uma das indicações vestido de Dona Hermínia, personagem do seu monólogo Minha Mãe é uma Peça.

A estrela Ivete Sangalo (39) abriu a série de shows da noite, dividindo o palco com Jair Rodrigues (72), Jau e Thiaguinho. Juntos, cantaram Mamãe Passou Açúcar e Mim e Nem Vem que Não Tem, sucessos na voz de Wilson Simonal (1938-2000). Após a apresentação, a baiana recebeu o simbólico Troféu Abacaxi, em alusão à brincadeira com os calouros feita por Chacrinha (1917-1988) em seus programas. “Tenho certeza de que não tem nada a ver com a voz, mas sim, com o corpo”, brincou ela, que ganhou Melhor DVD pelo Ivete Sangalo Ao Vivo no Madison Square Garden, gravado em NY, mas não pôde ficar para receber a láurea.

Ao lado de Leo Jaime (50), Paula Fernandes e Di Ferrero, Fiuk (20) levantou o público ao som de Papai Me Empresta o Carro, de Rita Lee (63) e Roberto de Carvalho (58). “Foi bacana interpretar um clássico de 1979 com eles. Leo formou meu gosto musical”, enalteceu Fiuk, filho de Fábio Jr. (57). Pitty (33) e Odair José (63), além de Rogério Flausino (39), Hyldon (60) e Monique Kessous (27), considerada a Revelação do Ano, também fizeram suas performances.

Vencedor de Melhor Música, Felicidade, eleita pelo júri especializado, Marcelo Jeneci (28) não escondeu a emoção. “É inexplicável estar aqui”, disse, apoiado por João Barone (49), Melhor Instrumentista. “Indescritível. Agradeço ao meu grupo”, ressaltou o baterista do Paralamas do Sucesso. Considerado o artista de Melhor Show, Luan Santana (20) foi representado pelo empresário, Anderson Ricardo de Souza (29). “Ele está se apresentando agora, mas pede para dizer que o sucesso do artista se resume aos fãs”, af irmou. Integrantes da banda Garotas Suecas, Sergio Sayeg, Guilherme Saldanha, Irina Bertolucci e Tomaz Paoliello levaram a categoria Experimente, votação do público. Em dueto, Zeca Pagodinho (52) e Jorge Benjor (69) fecharam a festa e embalaram o casal Marina Ruy Barbosa (16) e Klebber Toledo (25).

 

Fonte: Revista Caras

   

Voltar