Hyldon

Zondag in Amsterdam

Hyldon saúda Amsterdam no primeiro single de álbum autoral de músicas inéditas | por: Mauro Ferreira, G1

 

Em julho de 2017, Hyldon pesquisou e achou na internet um violão de aço da cor azul piscina, exatamente da marca que o artista procurava para comprar.

O fato de a loja estar situada em Amsterdam jamais amenizou a ânsia do soulman pela aquisição do instrumento. Tanto que Hyldon embarcou com a esposa para a capital do Reino dos Países Baixos.

Nasceu ali naquela cidade, no segundo dia da viagem e no toque do recém-adquirido violão azul, a música Zondag in Amsterdam, cujo título, traduzido para o português, significa Domingo em Amsterdam.

Quase dois anos depois, em janeiro deste ano de 2019, Hyldon gravou a música em estúdio com banda formada pelos músicos Arthur de Palla (baixo), Guilherm Schwab (guitarra), João Viana (bateria), Luiz Otávio (teclados) e Márcio Pombo (piano acústico).

hyldon

Lançado por Hyldon neste último fim de semana de março, o singleZondag in Amsterdam é a primeira amostra do álbum autoral de músicas inéditas que o cantor, compositor e músico baiano – residente na cidade do Rio de Janeiro (RJ) desde os anos 1970 – pretende lançar até o fim de 2019.

O repertório do disco inclui parcerias do artista com Arnaldo Antunes, João Viana (coautor de Ninguém merece viver só), Mano Brown, Rappin’ Hood, Thaíde e Zeca Baleiro.

Além de Zondag in Amsterdam, faixa ora apresentada em single, a única música já conhecida do álbum é Vida que segue (Hyldon, 2018), balada lançada por Gal Costa no álbum A pele do futuro, editado em setembro do ano passado.

   

Voltar