Hyldon

As Coisas Simples da Vida

Kid Abelha celebra sua geração em show no Rio

 

 

Paula Toller chamou o show Glitter de Principiante do Kid Abelha num Citibank Hall lotado como uma celebração de sua geração:

– Aqui no Brasil, até seguindo o que se falou lá fora, nos chamaram de a geração perdida. Nossa geração trabalhou muito, sofreu crises econômicas intermináveis, mas consolidou a democracia no Brasil. Agora a gente merece uma relaxada, um glamour de Glitter de Principiante com muito entusiasmo e sorte de principiante.

E foi o que viu ao longo dos 93 minutos e 23 músicas. Uma platéia formada pelos que tiveram a Geração 80 do rock em suas vidas na juventude cantou praticamente todas as músicas. Aprisionada pela configuração de mesas, que esgotou a lotação e deixou gente de fora, bastou Paula dizer “Chega mais” lá pelo meio do show para todo mundo ficar na frente do palco e se levantar na casa toda para dançar. Mais adiante, entusiasmada, ela soltou um “é o bonde do Abelhão sem freio.”

O único senão da noite foi o som. Na semana passada, no show de John Fogerty o som estava alto, claro e límpido. No do Kid estava todo contido, a bateria mais alta que os demais instrumentos e mesmo assim com um tom abafado. O show teria crescido mais ainda se o volume igualasse o entusiasmo da platéia.

Praticamente só em três músicas o público não cantou junto. As novas Veio do Tempo e Glitter de Principiante, esta um hit certeiro, e Peito Aberto, da safra mais recente, o CD Pega Vida, de 2005. O visual do show foi de muitas cores e projeções. Três telões de leds no fundo do palco deram um visual colorido e psicodélico em muitos momentos ao show num espetáculo à parte. Muitas vezes era difícil imaginar o que a projeção tinha a ver com a música, como pássaros voando e elefantes desfilando em Educação Sentimental II, em outra, Fixação, lá estavam os fantasmas no quarto que a letra menciona.

Bruno Fortunato, que ao contrário dos demais não fez carreira solo, voltou em grande estilo para ocupar seu lugar entre os guitarristas de sua geração. Ele joga sentimentos em seu solo bem ao clima do romantismo das letras de Paula com grande efeito e arrasou especialmente num longo solo em Amanhã é 23. George Israel fez a festa com os solos de seu sax alto rouco e tocou violão em várias canções.

A Abelha rainha Paula Toller é uma showwoman consumada. Belíssima em cena, toda dourada da cabeça aos pés (no começo tinha uma jaqueta rosa, logo tirada), serviu todo o seu ouro para o público, feliz, como os outros dois, com o reencontro com a platéia da cidade onde o Kid nasceu há 29 anos. Ela agradeceu aos voluntários que mediram a glicose de quem quisesse na entrada do show, um gesto inspirado na sua própria convivência com a diabete desde 2009.

O repertório foi de hits de várias fases da banda, especialmente dos anos 80. O primeiro LP, de 1984, teve forte presença com Seu Espião (arranjo original), Fixação, Como Eu Quero, Alice Não Escreva Aquela Carta de Amor e Pintura Íntima, todos com a platéia em emissão máxima. Do segundo e excelente disco Educação Sentimental rolou Lágrimas e Chuva, com o arranjo do DVD acústico (a original, mais pesada tem mais a ver com o tema da música, o suicídio), Garotos e Educação Sentimental II. Nas demais sucessos e a recriação de Na Rua Na Chuva Na Fazenda, de Hyldon. Do setlist que adiantei aqui na quinta a única mudança foi a entrada de Maio como a primeira do bis.

A turnê segue Brasil a fora e, no segundo semestre, será gravado o DVD ao Vivo que consagrará os 30 anos de vida de uma banda que causou muita polêmica por seu perfil pop, mas se impôs como um nome de frente na música brasileira. A volta acontece após um hiato de quatro anos e eles prometem seguir adiante. Veja no post abaixo do RPM o ensaio do Kid na quarta-feira.

SETLIST
NADA SEI
NO SEU LUGAR
EDUCAÇÃO SENTIMENTAL II
GLITTER DE PRINCIPIANTE
COMO É QUE EU VOU EMBORA
NA RUA NA CHUVA NA FAZENDA
EU SÓ PENSO EM VC
DIZER NÃO É DIZER SIM
NO MEIO DA RUA
AMANHÃ É 23
GRAND´ HOTEL
VEIO DO TEMPO
GAROTOS
PEITO ABERTO
LÁGRIMAS E CHUVA
EU TIVE UM SONHO
SEU ESPIÃO
FIXAÇÃO
TE AMO PRA SEMPRE
BIS
MAIO
COMO EU QUERO
ALICE
FIXAÇÃO
PINTURA INTIMA

 

Fonte: O Globo

   

Voltar